sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Via Láctea- Olavo Bilac- Poesia Parnasiana apresentada em sala de aula

video

Rosa - Olavo Bilac (Interpretação - Marisa Monte)

video
SEQUÊNCIA DIDÁTICA – LÍNGUA PORTUGUESA
CONTEÚDO: MOVIMENTO LITERÁRIO “ O PARNASIANISMO”
O que o aluno poderá aprender com esta aula:
Compreender as relações entre o texto literário e o contexto histórico, social, político e cultural, valorizando a literatura como patrimônio nacional;
Associar texto literário a estilo e a contexto histórico-cultural da época;
Desenvolver a leitura de poemas parnasianos;
Reconhecer as especificidades de um texto poético/soneto;
Reconhecer a forma gráfica do poema;
Identificar a rima, o ritmo e a musicalidade de um poema;
Reconhecer as características do momento literário em estudo.

DURAÇÃO DAS ATIVIDADES

5 aulas de 50 minutos (aproximadamente)
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Os alunos deverão ter conhecimento de alguns poemas e sonetos

ESTRATÉGIAS E RECURSOS DA AULA
1. A professora pediu para que os alunos pesquisassem sobre o Movimento Literário- Parnasianismo, para ser apresentado oralmente na aula seguinte.
2. No momento previsto os alunos foram citando tudo o que haviam pesquisado sobre o tema, sendo complementado pelo professor.
3. Os alunos foram levados à sala multiuso para apresentação do material no projetor de imagens.

D:\Parnasianismo -1.flv
O material foi apresentado com pausas para explicação e ênfase dada pelo professor.
Em seguida a professora apresentou também em forma de vídeos curtos, os poemas parnasianos.
D:\Rosa - Pixinguinha - Legendado.flv (vídeo em link)
D:\Hino à Bandeira (juvenil) Dourados MS.flv (vídeo)
D:\Língua portuguesa (de Olavo Bilac).flv (vídeo)
Em cada vídeo, a professora fez comentários pertinentes às características visíveis do momento literário em estudo.
*É importante que os alunos percebam que a distribuição espacial de um texto pode constituir um elemento de antecipação de leitura.

4. Foi solicitado aos alunos que procurassem um poema de autoria de um dos poetas parnasianos para posterior leitura na sala de aula e exposição dos poemas em um mural na escola.
5. A professora criou um blog para as turmas (2°s ANOS). O objetivo maior é a interação, inclusão digital e incentivo quanto ao uso das tecnologias como parceiras em sala de aula.
*Com o blog,os alunos podem estudar o material já apresentado pelos professores, postar comentários, escrever textos da autoria deles próprios e acessar links educativos para aprofundar os temas em estudo.

*É importante esclarecer aos alunos que a leitura de um poema necessita de ritmo, musicalidade.
6. Se for possível, as leituras dos alunos poderão ser gravadas para posterior escuta. Ao escutar a sua leitura, o aluno observará o seu ritmo, o tom da sua voz e a musicalidade que deu ao seu poema.
7. Os alunos deverão identificar em cada poema ou soneto, as características da linguagem parnasiana.

RECURSOS COMPLEMENTARES
Alguns sites estão disponíveis na internet com informações sobre literatura, de um modo geral:




AVALIAÇÃO

Ao final das atividades, o professor avaliará se os alunos:
- desenvolveram a leitura de poemas parnasianos;
- reconheceram as especificidades de um texto poético- ritmo, sonoridade;
- reconheceram a forma gráfica do poema/sonetos;
- identificaram as características da linguagem parnasiana.
- interagiram e postaram comentários no blog criado.

Professoras responsáveis pelo planejamento:
Gerlane R. Galvão C. de Medeiros;
Ione Dias de Oliveira.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Resumo das atividades realizadas no Col. PADRÃO.

Pessoal.....as aulas foram maravilhosas....
Planejamos com a professora Luci, duas aulas na turma de reforço ( 6°s ANOS ). Na primeira aula apresentamos a proposta de trabalho para os alunos: histórias em quadrinhos com o uso das tecnologias. Eles adoraram. Começamos a falar da importância das histórias em quadrinhos em nossas vidas. Comentei que havia sido alfabetizada com elas e em casa, pela minha mãe. Os alunos sempre atentos, também falaram que gostavam das revistinhas, muitas delas expostas para visualização de toda a classe. Falamos dos personagens mais antigos até os mais atuais, como é o caso do "BEN 10", personagem preferido pela maioria. Os nossos personagens de trabalho foram os da Turma da Mônica, ressaltando o seu inventor, Maurício de Sousa. Foram usados slides para ilustrar tudo que estava sendo dito e dois vídeos com as histórias da turminha, em links direto na tela. Foi um sucesso. Os olhos das crianças brilharam...e confesso que os meus também. Talvez muitas daquelas crianças nunca antes tinham assistido um gibi em forma de vídeo, pois são oriundas de um setor carente da cidade. Cada um com a sua história de vida, nos foi resumida pela professora e diretora, no momento em que estávamos por lá.
Mas, o que realmente importa é que esses alunos tiveram acesso ao que é de mais atual, em termos de produção de quadrinhos.
Agendamos a aula e fomos mostrar como é dinâmico e fácil produzir historinhas usando a máquina de quadrinhos do Maurício de Sousa, na internet. Cada aluno teve condições de fazer pelo menos um quadrinho, com balões de fala e todos os cenários escolhidos por eles mesmos. O tema que desejaram ,por unanimidade, foi o da copa do mundo. O aprendizado se deu rapidamente, para o meu espanto, pois fiz um só quadrinho na tela maior para que todos pudessem visualizar. Trouxe voluntárias colaboradoras( Ione e Josilene ), cursistas também do eproinfo, para nos auxiliar, no momento da produção. O objetivo era que eles próprios pudessem produzir seus quadrinhos. A nossa ajuda era auxiliar no manuseio com os computadores.
Fica aqui a minha satisfação enquanto eterna professora, de demonstrar que usando as ferramentas tecnológicas, da maneira correta, bem planejada, os "frutos" são rápidos e prazerosos.
Quem desejar, acesse também a máquina de quadrinhos e veja como é fácil ensinar produção textual, em diversas disciplinas, de maneira lúdica e simples.
Abaixo, no blog está o vídeo evidenciando o trabalho realizado.
Um abraço a todos e até a próxima, com a permissão divina.
Gerlane Rocha Galvão Carneiro de Medeiros.
Assessora de Currículo de Língua Portuguesa.
DRE - TOCANTINÓPOLIS.